Conservo um baú vazio
Guardei nele meu passado
Seu conteúdo ninguém viu
Memórias d'um futuro acabado
 
Deitei fora seu conteúdo 
É só espaço por preencher 
O que passou já não mudo
E o futuro está para acontecer 
 
O presente passa agora
Sem dar tempo de se capturar
Vivo como quem adora
nunca o tempo guardar
 
Tenho o espaço reservado
Para ti Oh meu amor
olhas o futuro a meu lado
Sem do passado ter dor
 
O baú já não me serve
Dele já não preciso
Tenho alguém que conserve
O meu coração no paraíso