Existem dois mundos, o ideal e o real. Deve-se aprender a viver todas as horas estabelecendo o caminho entre o real e o ideal.
Perder o hábito de reclamar como se mudasse o resultado.

Deixar de ser prisioneiro da rotina.

Consciência = Responsabilidade

O centro do corpo é uma fábrica que transforma os alimentos em energia necessária para a acção.

Desenvolver as etapas à realização, identificando as que são mais difícieis.

 

Propósito -> Vocação /Direcção /Norte

Visão -> Sonho

Atitude -> Como (me sinto, faço)

Acção -> O Quê (Que faço/Plano)

Realização -> Conquista

 

Propósito é subjectivo, não confundir com objectivos.

A falta de propósitos gera crise existencial.

A busca do propósito não é o que vou fazer na vida mas sim porquê.

 

3 Formas de encontrar o propósito: Crise existencial, experiência de risco de vida e meditação.

 

Propósito é:

Subejectivo

Infinito

Definitivo

Visão é:

Significativa

Passível de ser realizada

Desafiadora

Atitude é:

Afirmativa

Pro-activa

 

Emoções que justificam o insucesso:

Medo (paralisar, bloquear)

Ansiedade (contrário ao medo)

Angústia

 

Identificar as emoções que são essenciais e as que não ajudam.

O controlo das emoções faz-se através da respiração.

Reunir as 4 principais atitudes e mudar o comportamento para mudar resultados

 

A realização é um mérito dos sábios e não dos justos.

Viver as pequenas conquistas auto-gratificando-se.

 

Propósito -> Meditação -> Autenticidade

Visão -> Focalize -> Criatividade

Atitude -> Respire -> Espontaneidade 

Acção -> Alongue-se -> Vitalidade

Realização -> Descontrair -> Felicidade